Brazilian Metallurgy, Materials and Mining Association

Siderúrgicas e mineradoras debatem desafios e futuro do setor 

Plenária da ABM WEEK contará com a participação de especialistas brasileiros e estrangeiros.

As indústrias siderúrgica e de mineração são importantes molas propulsoras da economia. Mas a sustentabilidade e a perenidade desses negócios dependem, fundamentalmente, da superação de uma série de desafios. A escassez de fontes para extração de minérios, a volatilidade dos preços das commodities e o aumento da regulamentação ambiental são alguns deles. Também é imperativo para as empresas lidar com aspectos relacionados à segurança, atrair e reter novos talentos e, finalmente, serem inovadoras. 

Os possíveis caminhos para enfrentar estes obstáculos são o foco da plenária ‘Desafios da Indústria Siderúrgica e da Mineração’, que integra a programação da ABM WEEK 2019. A Semana técnico-científica acontece de 1 a 3 de outubro, no Pro Magno Centro de Eventos, em São Paulo. 

O objetivo do encontro é atualizar o público sobre algumas das principais dificuldades enfrentadas por essas indústrias, as perspectivas de produção no mundo, além de tópicos de desenvolvimento de pesquisas com foco em competitividade. “Os assuntos serão abordados sob diferentes perspectivas, incluindo líderes globais da indústria, consultoria e academia”, diz Francisco Coutinho Dornelas, diretor da Regional ABM Espírito Santo. Dornelas coordena o painel na ABM WEEK 2019 ao lado de Débora Oliveira, diretora de assuntos corporativos do Instituto Aço Brasil.

Programada para o dia 2 de outubro, a plenária contará com a presença do presidente-executivo do Instituto Aço Brasil, Marco Polo de Mello Lopes, que apresentará uma radiografia da produção de aço no Brasil e no exterior. Na sequência, o executivo da McKinsey & Company, Wieland Gurlit, falará sobre as perspectivas da cadeia de valor tanto da mineração, quanto da siderurgia.

‘O objetivo de uma indústria siderúrgica sustentável no Japão’ é o título da palestra realizada por Koji Saito, executive advisor da Nippon Steel Corporation. A programação da plenária continua com a apresentação de Germano Mendes de Paula, professor da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Ao público da ABM WEEK, o pesquisador discorrerá sobre três temas sensíveis para a siderurgia brasileira: China, baixo crescimento doméstico e Indústria 4.0.
Após as apresentações, haverá oportunidade para os palestrantes responderem aos questionamentos da plateia.

A ABM WEEK conta com o patrocínio das seguintes empresas : Açokorte, Aperam, ArcelorMittal, Atomat, Beda, Brasiltec,BRC, Cargo X, CBMM, Clariant, Condat, Danieli, Dassaut Systemès, DDMX, DME Engenharia, DSI Montagens Refratárias , ESW, Fosbel, Gerdau, Harsco, Hatch CISDI, Ibar, Imerys, IMS Messsysteme, Ingersoll Rand, John Cockerill, Kelk/PLM, Kuttner, Lechler, Login Logística, Maina, Metso, Nalco, Nokia, Giovanella, Paul Wurth, Polytec, Primetals, PSI Metals, Pyrotek, Reframax, RHIMagnesita, RIP, Saint-Gobain, SMS Group, Spraying Systems, Stagio Cargas, Suez Water, Suncoke, Tecnosulfur, Ternium, Timken, Tora, Unifrax, Usiminas, Vale, Vamtec, Vesuvius, Villares Metals, VLI Logística, White Martins. O evento também possui o apoio das seguintes instituições: Abendi, AIST, Capes, CNPq, Instituto Aço Brasil, Instituto Brasileiro de Mineração - Ibram, SAE Brasil e Sinobras.

 

Texto: Juliana Nakamura

Deixe seu comentário

Assine a newsletter

e fique por dentro de tudo sobre Metalurgia, Materiais e Mineração.

Publicações