ABM - Associação Brasileira de Metalurgia, Materiais e Mineração

Estamos em home office. O suporte pelo tel (11) 5534-4333 estará indisponível nesse período.

Livro digital mostra a história da Fundição Ipanema e da CSN

A obra trata sobre dois momentos importantes da história da indústria siderúrgica brasileira. 

A história da Real Fábrica de Ferro São João Ipanema e da Companhia Nacional de Siderurgia (CSN) está nas páginas do livro “Fábrica Ipanema Volta Redonda”. O livro digital traz um ensaio fotográfico de Daniel Renault e Marcelo Lemer com textos de Paulo Eduardo Martins. A obra trata sobre dois momentos importantes da história da indústria siderúrgica brasileira. 

Um deles fala sobre a Fábrica Ipanema. Criada pela coroa portuguesa em 1810, a Real Fábrica de Ferros São João do Ipanema, ou Fundição Ipanema, foi uma siderúrgica que operou até 1926, no local onde fica atualmente o município de Iperó. Na Fábrica Ipanema, em 1818, que ocorreu a primeira corrida de ferro-gusa do país. 

Já a CSN é fruto de um acordo diplomático entre os governos brasileiro e norte-americano, a siderúrgica foi criada durante o Estado Novo por decreto do presidente Getúlio Vargas. O objetivo da construção da usina siderúrgica era fornecer aço para os aliados durante a Segunda Guerra Mundial e, na paz, ajudasse no desenvolvimento do Brasil.

Inaugurada em 1946, a usina deu condições para que o Brasil produzisse produtos pesados, tais como trilhos e chapas de aço para as ferrovias, estaleiros e construtoras. Clique aqui e faça o download do livro gratuitamente. 
 

Deixe seu comentário

Assine a newsletter

e fique por dentro de tudo sobre Metalurgia, Materiais e Mineração.

Publicações