ABM - Associação Brasileira de Metalurgia, Materiais e Mineração

Estamos em home office. O suporte pelo tel (11) 5534-4333 estará indisponível nesse período.

CSP obtém certificação para atender a indústria de petróleo e gás

As placas de aços da siderúrgica do Pecém são produtos 100% conteúdo local e atendem às condições exigidas pela ANP.

A Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) recebeu nesta quarta-feira (20/01), a Certificação de Conteúdo Local ANP, que qualifica a usina cearense a fornecer placas de aço para a indústria de petróleo e gás natural no Brasil. O documento atesta a conformidade do produto da CSP à resolução nº 19/2013 da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), comprovando que a placa de aço da CSP é um produto 100% conteúdo local.

Esta condição é necessária para que empresas concessionárias do setor, a exemplo da Petrobras, tenham a segurança de que os equipamentos, materiais e serviços contratados por elas estão de acordo com os percentuais de bens e serviços nacionais exigidos pela União.  

A CSP foi auditada no dia 13 de janeiro por uma empresa credenciada pela ANP como organismo de certificação. Agora, a CSP está habilitada a fornecer aço para esse mercado que tem grande potencial de consumo de aços de alta tecnologia (HTS). Em 2020, a CSP desenvolveu mais 29 aços HTS, chegando a 116 no total.  

Sequência de certificações 

Outras importantes certificações recentes foram obtidas pela siderúrgica, ampliando as suas possibilidades de mercado. A usina conquistou a recertificação ISO 14.001:2015, atestando, mais uma vez, o compromisso da empresa com a proteção ao meio ambiente. Também foi aprovada nas auditorias para as certificações IATF e ISO 9001. Com a IATF, a CSP está apta a fornecer aço para o setor automotivo, atestando uma série de requisitos internos, além de ter um produto premium.

Já a ISO 9001 atesta o sistema de gestão de qualidade da empresa, que estabelece diretrizes para a produção do aço, com o objetivo de tornar a siderúrgica do Pecém uma referência mundial em segurança, qualidade, custo, desenvolvimento tecnológico e sustentável. Além destas, a siderúrgica cearense mantém outras dez certificações.  

A CSP exporta para 25 países, tendo sido os principais mercado em 2020: Estados Unidos, com 812.592 toneladas (t) de placas de aço exportadas; China (447.087 t), Brasil (409.554 t), México (234.651 t), Turquia (208.495 t) e Canadá (202.091 t)

 

Fonte: Assessoria de Imprensa da CSP

Deixe seu comentário

Assine a newsletter

e fique por dentro de tudo sobre Metalurgia, Materiais e Mineração.

Publicações