ABM - Associação Brasileira de Metalurgia, Materiais e Mineração

Estamos em home office. O suporte pelo tel (11) 5534-4333 estará indisponível nesse período.

Companhia Siderúrgica do Pecém abre seleção para 80 vagas no Programa Aprendiz

As inscrições para o processo seletivo ficam abertas até 2 de dezembro de 2020 e podem ser feitas somente por meio do site da empresa.

A Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) abriu inscrições para a seleção de 80 vagas para o seu Programa Aprendiz e Aprendiz Pessoa com Deficiência (PDC), que tem o objetivo de desenvolver jovens profissionais para oportunidades futuras na siderúrgica ou em outras empresas no mercado de trabalho.

Serão 40 vagas preenchidas em fevereiro e 40 vagas em abril. As inscrições ficam abertas até 2 de dezembro de 2020 e podem ser feitas somente por meio do site da CSP, no menu “Trabalhe Conosco”: http://www.cspecem.com/trabalhe-conosco/. Tanto o processo seletivo quanto o curso de operador siderúrgico serão feitos em conjunto para aprendizes e aprendizes PCDs.  

A prioridade para os aprendizes é residir em municípios próximos à CSP, como São Gonçalo do Amarante e Caucaia. Para o Aprendiz PCD, é válido também para Fortaleza. Para aprendiz, os candidatos devem ter de 18 a 23 anos; ter concluído ensino médio ou técnico completo. Já para Aprendiz PCD, os candidatos devem ter a partir de 18 anos e ter concluído ensino médio completo. 

Os currículos obtidos a partir dessa inscrição também serão utilizados para selecionar as próximas turmas de aprendizes no decorrer do ano de 2021. O programa conta com a parceria do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Ceará (Senai-CE), responsável pela capacitação dos jovens aprendizes em parceria com a siderúrgica.  


Visão de futuro  

Participante da turma do curso de Assistente Administrativo, a Angele Braga também é Aprendiz PCD e trabalha no Centro de Saúde Ocupacional (CSO) da CSP. Ela mora em São Gonçalo do Amarante e conta que já sonha com as próximas conquistas: “Eu já vinha de outro emprego e queria muito acrescentar mais conhecimentos que pudessem agregar ao meu futuro. Encontrei aqui pessoas que nos acolhem de verdade e nos dão espaço para uma participação ativa na equipe. A minha expectativa é a de ficar na empresa, porque aqui temos muitas oportunidades e benefícios”.  


Aprendiz contratado  

O Paulino Barroso conhece bem essa expectativa e é um exemplo para os recém-ingressos. Ele mora em Caucaia, chegou na siderúrgica em 2017, por meio do programa Jovem Aprendiz e foi contratado este ano como técnico mantenedor para a equipe de Manutenção e Distribuição de Energia da CSP. “O programa de aprendizagem proporciona uma experiência que o jovem não vai conseguir em outra empresa assim tão facilmente. É uma oportunidade excelente pra quem está buscando uma carreira profissional”, recomendou.

Oportunidade para desenvolvimento  

A Simone Patricio é integrante do Programa Aprendiz PCD, exercendo funções na área de Recursos Humanos. Ela, que reside em Paracuru, define a experiência como uma oportunidade de desenvolvimento.   

“Pra mim, está sendo muito enriquecedor estar aqui. Nossos gestores estão sempre presentes e estou aprendendo muita coisa. Conseguir estar em uma empresa desse porte, que é referência mundialmente, perto da minha casa, e que dá o transporte pra gente ir e voltar todos os dias, é muito gratificante. As pessoas da minha cidade também veem esse programa como uma oportunidade a mais para quem é das regiões próximas”, compartilhou.  

 

Fonte: Assessoria de imprensa da CSP

Deixe seu comentário

Assine a newsletter

e fique por dentro de tudo sobre Metalurgia, Materiais e Mineração.

Publicações