pt

  • pt

  • en

  • es

ABM News

ABM conquista recertificação ISO 9001:2008

24/04/2012
Com várias observações positivas dos auditores, que não detectaram nenhuma não conformidade, o sistema de gestão da qualidade da ABM recebeu a recertificação ISO 9001:2008. O certificado foi emitido pela GL do Brasil (Germanischer Lloyd Industrial Services), certificadora alemã, com atuação no mercado internacional desde 1867, após auditoria nas diferentes unidades da Associação nos dias 29 e 30 de março.

“Essa conquista comprova que a ABM, primeira entidade técnica de classe profissional a receber, em 2004, a certificação ISO 9001:2000, mantém seu foco no cliente, na liderança, no envolvimento de pessoas e na melhoria contínua de seus produtos e serviços”, observa o diretor-executivo, Horacídio Leal Barbosa Filho.

O processo de certificação foi precedido por auditorias internas realizadas nos dias 16 e 17 de fevereiro e pela análise crítica do sistema de gestão da qualidade (SGQ) pela alta direção, a fim de garantir sua continuidade e adequação aos requisitos da norma.

O planejamento das auditorias internas baseia-se nos resultados das últimas auditorias, nas informações das análises dos dados e nos processos críticos para fins de adaptações e melhorias necessárias. Já a análise crítica pela direção, considera, além dos resultados das auditorias, as avaliações dos clientes, o desempenho dos processos, o balanço da efetividade das ações preventivas e corretivas, bem como as mudanças que possam afetar o SGQ.

No relatório apresentado pelo auditor da GL, Edson Júnior, foram destacados como pontos positivos o comprometimento das pessoas com o SGQ, a qualidade das informações mantidas no processo de eventos, o site de apoio ao cliente, os controles das publicações, a existência de CDs e livretos de eventos, bem como a sistemática de avaliação dos cursos pelos participantes.

Normas técnicas

Visando manter o registro dos seus processos internos e assegurar a qualidade de produtos e serviços entregues aos clientes, a ABM desenvolveu 26 Normas Técnicas (ABM-Q), que descrevem, com detalhes, todos os aspectos técnicos de determinado produto ou serviço; 15 Normas de Gerenciamento de Processo (ABM-G), que estabelecem a sequência das tarefas necessárias à execução dos processos, e 110 Normas Operacionais (ABM-P), que estabelecem o modo e a sequência correta de como executar determinada tarefa ou serviço.

Em 2011 as Normas Técnicas foram revisadas e três novas normas foram desenvolvidas: ABM-Q026 – Manutenção de Infraestrutura na Sede, ABM-G013 – Faturamento e ABM-G015 – Cobrança.

publicidade